14ª Edição do Festival Chorando sem Parar homenageia garoto, O Gênio das cordas - Revelando Sao Carlos
Home » Entretenimento » 14ª Edição do Festival Chorando sem Parar homenageia garoto, O Gênio das cordas

14ª Edição do Festival Chorando sem Parar homenageia garoto, O Gênio das cordas

O ChorandoSemParar chega à sua 14ª edição tendo como homenageado in memoriam um dos maiores músicos brasileiros de todos os tempos: Aníbal Augusto Sardinha, o Garoto.

Habitualmente refere-se a Garoto como “violonista”, mas a verdade é que ele foi – como expresso no subtítulo da edição – um O Gênio das Cordas, um multi-instrumentista que além do violão, tocava também banjo, cavaquinho, bandolim, violão tenor, guitarra elétrica, guitarra havaiana e guitarra portuguesa). Isto sem falar de sua excepcional qualidade como compositor.

Garoto morreu cedo, não tinha ainda completado 40 anos, mas deixou uma grande herança, que a cada dia se mostra maior e vem sendo redescoberta pelas novas gerações. A obra de Garoto é o norte principal de toda a programação fonte do ChorandoSemParar 2017, que acontece em São Carlos de 4 a 10 de Dezembro, com entrada franca para todas as atividades.O convidado homenageado será o violonista Paulo Bellinati, músico de importância fundamental na redescoberta de Garoto, de sua obra para violão e como compositor.

Uma semana cheia de atrações – Paulo Bellinati – que, vale mencionar, participou da 1ª edição do ChorandoSemParar, em 2004 – fará o show de abertura do festival. Em duo com a também violonista Cristina Azuma, ele toca no Teatro Municipal de São Carlos, na segunda-feira 4 de Dezembro, às 20 horas. No repertório, naturalmente, algumas das peças que são o crème de la crème da obra de Garoto.

Ao longo da semana, a programação do 14º ChorandoSemParar tem várias outras atrações. Na terça dia 5, às 20 horas, no Teatro Florestan Fernandes, da UFSCar, os músicos Alessandro Penezzi, Toninho Ferragutti e Ricardo Herz fazem show-tributo ao Trio Surdina – conjunto formado por Garoto em 1952 que marcou época com um trabalho que inovou a nossa música instrumental, e antecipou a bossa nova.

2017 vai ficar marcado na história do ChorandoSemParar como o ano de um grande reconhecimento público para a importância do festival na cena da música instrumental brasileira.

A Associação Comercial e Industrial de Paraty escolheu, entre mais de 150 projetos brasileiros, o ChorandoSemParar para fazer parte da agenda cultural de Paraty, a bela cidade colonial fluminense, dona de inúmeros encantos naturais e arquitetônicos e considerada Patrimônio Histórico Nacional.

Assim, a partir de 2018 serão duas as edições do ChorandoSemParar!

Sempre no mês de Junho (em 2018, do dia 15 ao dia 17) Paraty vai receber uma edição do festival, na essência uma reprise da edição do ano anterior em São Carlos.

E, seguindo a tradição, na virada de Novembro para Dezembro, São Carlos terá sempre mais uma edição inédita do ChorandoSemParar. Em 2018, será a edição de número 15.

Destaques na programação são também as palestras, bate-papos e rodas de conversa. Na quarta dia 6, no Centro Cultural Espaço 7, às 19 horas, o luthier Lineu Bravo fala sobre a arte de fazer violões e sobre a sonoridade do violão tenor, o instrumento mais característico de Garoto. Logo depois, às 20h30, a produtora e pesquisadora especializada em música brasileira Myriam Taubkin conversa sobre a modernidade de Garoto. E no dia seguinte, quinta dia 7, às 20 horas, no Teatro ICMC USP, quem fala sobre o legado de Garoto é o compositor e violonista Guinga.

Na sexta dia 8 e no sábado dia 9 eventos diversos acontecem no Sesc São Carlos e na Praça XV. Entre eles, uma atividade infantil, “Garoto para a Garotada”, com o grupo Choro Enturmado, um show com o quarteto do guitarrista norte-americano Mark Lambert, que vai tocar apenas composições de Garoto, em arranjos com toques jazzísticos.

O programa do último dia do evento, domingo 10 de Dezembro, é, como sempre, o ponto alto do ChorandoSemParar. É quando acontece na Praça XV a incrível maratona musical, que começa às 10 horas da manhã e vai até 10 horas da noite – doze horas de “música-sem-parar”!

Dezesseis atrações se revezarão ininterruptamente no palco, para que a música não pare. Entre elas, três orquestras: a anfitriã Orquestra Experimental da UFSCar, a Big Boom Orchestra, big band que vai apresentar o repertório de Garoto em arranjos para metais, e a Orquestra Popular de Paraty, grupo instrumental criado na cidade que a partir de 2018 passa a receber o ChorandoSemParar. Completam a programação, entre outros, Caixa Cubo Trio, Ricardo Herz, Nicolas Krassik, Mestrinho, Thadeu Romano, Renato Anesi Trio e Thiago Espírito Santo & Sílvia Goes.

Programação completa e informações sobre todas as atrações do 14º ChorandoSemParar em www.chorandosemparar.com.br.

Acisc

Sobre: Equipe Revelando São Carlos

O Site Revelando São Carlos prima pela qualidade de suas informações, pois considera importante qualificar as discussões nas suas áreas de maior abrangência, como política, economia, educação, assuntos de relevância social, etc, a fim de prestar o melhor serviço a nossos leitores.

Deixe uma resposta

Seu e-mail (obrigatório)Necessário *

*