Mark Zuckerberg anuncia criação do botão 'não curti' no Facebook
Home » Tecnologia e Ciência » Mark Zuckerberg anuncia criação do botão ‘não curti’ no Facebook

Mark Zuckerberg anuncia criação do botão ‘não curti’ no Facebook

uol

A notícia que todo mundo esperava finalmente deixou o plano das ideias para se tornar realidade. Em anúncio feito nesta terça-feira (15), o criador do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou o desenvolvimento do botão ‘não curti’.

Durante sessão de perguntas e respostas promovida dentro da própria empresa, Mark contou que o botão ‘não curti’ já era um plano da empresa anteriormente. Segundo ele, o sistema será desenvolvido muito por conta da pressão dos usuários, que sempre quiseram essa ferramenta.

“Eu acho que as pessoas têm perguntado sobre o botão ‘não curti’ por muitos anos. Hoje é um dia especial porque é o dia em que posso dizer que estamos trabalhando em seu desenvolvimento e vamos implementá-lo no Facebook”, afirmou Zuckerberg durante seu discurso.

A justificativa do Facebook e de seu criador nos últimos anos para negar esse tipo de ferramenta é que não queria a criação de uma ‘votação’ nos conteúdos. Na rede social Reddit, por exemplo, conteúdos são promovidos a partir da interação dos usuários com botões de curtir e não curtir.

Mark, porém, afirmou nesta terça que percebeu com o passar do tempo que essa não seria a intenção das pessoas com o Facebook. Para ele, o usuário médio de sua rede social quer esse tipo de ferramenta para expressar empatia pelo conteúdo divulgado, não para depreciá-lo.

Para exemplificar a mudança em seu pensamento, Mark decidiu usar um tema bem atual. Citando a crise de refugiados na Europa, ele disse que muitas notícias tristes divulgadas eram curtidas pelos usuários pois eles não tinham opção de demonstrar repulsa ao fato. Com o novo botão, poderão realizar isso tranquilamente.

Acisc

Sobre: Equipe Revelando São Carlos

O Site Revelando São Carlos prima pela qualidade de suas informações, pois considera importante qualificar as discussões nas suas áreas de maior abrangência, como política, economia, educação, assuntos de relevância social, etc, a fim de prestar o melhor serviço a nossos leitores.

Deixe uma resposta

Seu e-mail (obrigatório)Necessário *

*