Mundo

Avião que transportava 132 pessoas cai na China

A queda deu-se na região chinesa de Guangxi.

Um avião da companhia aérea China Eastern Airlines, que transportava 132 passageiros, caiu numa região montanhosa na cidade de Wuzhou, região de Guangxi, causando um incêndio, noticiou a televisão estatal chinesa, segundo informações da Administração de Aviação Civil da China.

De acordo com a mesma fonte, citada pela AFP, ainda não se conhece o número de vítimas mortais.

Em causa estava um avião Boeing-737 que, com a queda, causou “um incêndio” nas montanhas – as imagens “revelam poucas hipóteses de sobreviventes”, segundo reportam os media locais.

As equipas de resgate já terão sido enviadas para o local, informou a CCTV, citada pela Lusa.

“Uma equipa de resgate já foi reunida e está a chegar ao local”, disse uma reportagem emitida pela televisão estatal chinesa, citada pelo The New York Times. “O panorama relativamente a vítimas continua a não ser claro”, prosseguiu.

O avião fazia o percurso entre as cidades chinesas de Kunming e de Cantão. De acordo com dados do site de rastreamento de voos FlightRadar24, trata-se do voo MU5735.

O rastreamento revela que o Boeing 737-89P perdeu velocidade, antes de entrar numa descida acentuada.

O avião parou de transmitir dados a sudoeste de Wuzhou.

O aparelho em questão foi entregue à China Eastern pela construtora norte-americana Boeing, em junho de 2015, e estava a ser utilizado há mais de seis anos.

O Boeing 737 bimotor de corredor único é um dos aviões mais populares do mundo para voos de curta e média distância.

A China Eastern opera várias versões daquele modelo, incluindo o 737-800 e o 737 Max.

A utilização da versão 737 Max esteve suspensa em todo o mundo, após dois acidentes fatais.

O regulador de aviação civil da China voltou a permitir o seu uso no final do ano passado.

Segundo o The New York, este pode tratar-se de um dos piores desastres aéreos na China dos últimos anos.

Mostrar mais

Edson Amaral

O Site Revelando São Carlos prima pela qualidade de suas informações, pois considera importante qualificar as discussões nas suas áreas de maior abrangência, como política, noticias de São Carlos e região, economia, educação, assuntos de relevância social, etc, a fim de prestar o melhor serviço a nossos leitores.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios